Arquivos do Blog

United States of Acquario

Falta de política Pública para o Turismo no Ceará e falta de planejamento de longo prazo deixam o Estado vulnerável a projetos estapafúrdios e a gestores ineptos e comprometidos com um modelo de desenvolvimento que não distribui renda, pelo contrário, só aumenta a disparidade econômica no Ceará.

O turismo é uma atividade econômica como outra qualquer, portanto ela não é neutra. Aqui no Ceará várias comunidades sofrem pelo turismo predatório grande aliado da especulação imobiliária, das empreiteiras e do turismo sexual que vem sendo aplicado em sucessivos governos que  investem em  modelos que só favorecem à industria do turismo. A concepção Tasso-Cidista de desenvolvimento no Ceará baseado na industrialização se mostrou fracassada e só melhorou a vida de grandes empresários, o número de miseráveis só aumentou. Há outros modelos de turismo exitosos no mundo e até aqui no Ceará que é referência internacional em turismo comunitário. Mas não há investimento porque estes não financiam campanha, esse tipo de turismo não é ‘montada no cimento’.

Abaixo as três partes da discussão ocorrida no programa Grande Debate da Tv O povo  no dia 05 de março.

Por fim, o contraponto ao que foi discutido no debate e a óbvia conclusão de que a obra é um completo desvario de um gestor de mente colonizada que ao se propor moderno revela todo o seu provincianismo.

Das conclusões:

1. Depois do Renato Roseno questionar a falta de transparência o governo disponibilizou o EIA/RIMA, dia 08 de março.

2. Nem o  Secretário Bismarck Maia tem segurança ou completo conhecimento da obra, precisa trazer o arquiteto responsável, o Sr.  Leonardo Fontenelle –  principal interessado –  a tira-colo como escudeiro, suporte psicólogico e porta-voz.

3. O alardeado aval científico é um grande engodo. A representante do Labomar afirma que não há convênio firmado com a universidade, veja no video parte 2.

4. A prefeitura Municipal de Fortaleza corrobora com o projeto.

5. Inúmeras lacunas do projeto deixam a sociedade insegura e a sensação de que estamos assinando um cheque em branco no valor de R$ 250 milhoes de reais;

6. No video o Secretário afirma peremptoriamente que a Comunidade do Poço da Draga não será atingida. No entanto em matéria de jornal recente assume que a área do entorno será desapropriada em dois anos para construir o estacionamento que não foi previsto na fantasiosa obra. O  fato é que o Acquario não cabe naquele local ou como bem falou o arquiteto Jose Sales ‘é um peru num pires’.

Fonte Diario do Nordeste

7. O banco que vai emprestar o dinheiro é americano como americana é a empresa que foi escolhida (sem licitação) para fazer a obra. Ou seja estamos contribuindo para o PIB americano. Veja o que diz o Secretário de Turismo Bismarck Maia sobre o banco:

Fonte Diario do Nordeste

A INEXIGIBILIDADE, modalidade escolhida para eliminar a licitação do Acquario se deve, portanto, a uma exigência do próprio banco e não como mente o governo ao afirmar que é por ‘notória especialidade’. O governo está fazendo um negócio muito bom: pros americanos.

Videos do debate

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Ainda querem que a gente acredite?

Somos contra o Acquario por entender que não houve estudo de demanda, nem houve demanda do setor turistico e nem tampouco da comunidade, dos artistas, dos moradores da Praia e da cidade como um todo. É uma obra megalomaníaca nascida da mente colonializada de um governador que não entende o que é prioridade e que apenas quer tornar essa obra uma peça eleitoreira.
Questionamos firmemente a falta de transparência e a escassez de dados técnicos que justifiquem uma obra de R$ 250 milhoes de reais e que provocará endividamento público. Questionamos a dispensa de licitação e solicitamos ao Ministério pública a imediata investigação de negócio escuso.

O movimento ‘Quem dera ser um peixe’ está se mobilizando em várias redes:

Twitter: @peixuxaacquario

Página do Facebook: https://www.facebook.com/contraoaquario

Perfil no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100003557503411

S.O.S Praia de Iracema

Depois de anos entregue ao descaso, os gestores de nossa cidade resolveram fazer intervenções na Praia de Iracema que estão contrariando os moradores, os frequentadores e todos que usufruem de sua paisagem: surfistas, skatistas e amantes da P.I – como é carinhosamente chamada – estão se reunindo para tentar barrar o aterramento.

Aqui, de braços dados, todos se juntam em defesa da Praia de Iracema:

E aqui, o registro do local onde o governo do estado pretende implementar o mostrengo Acquario que não dialoga nem com as raizes, nem com a paisagem, nem com a natureza e nem muito menos com o anseios dos frequentadores e moradores da Praia.


Estamos nos organizando, juntando nossas causas em defesa da Praia de Iracema e de uma qualificação que valorize as nossas raízes.

Parecer técnico do Acquario

Digo melhor, parecer pseudo técnico. O relatório feito pela Secretaria de Meio Ambiente eivado de subjetividades e ufanismo declarado, nos deixa desconfiados quanto a isenção da análise do EIA/RIMA. Não raro nos deparamos no decorrer do texto com adjetivos elogiosos à obra de Cid Gomes. Me pergunto sobre a idoneidade desse relatório.

Essa é a impressão de leiga, pois penso que o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema), órgão encarregado de analisar o parecer técnico da SEMACE – Secretaria de Meio Ambiente do Ceará e emitir a licença prévia para a construção de uma obra que impactará sobremaneira a vida humana e a biodiversidade, deveria ter o minimo de imparcialidade e senso objetivo.

Enviamos esse relatório ao Professor Jeovah Meireles, que emitirá suas conclusões sobre o referido  relatório.

O eslaide abaixo é o parecer pseudotécnico. O eslaide em seguida é o resumo executivo do EIA/RIMA, na íntegra. Ambos poderão ser baixados.

EIA/RIMA – Estudo dos Impactos Ambientais é um instrumento que é usado como base para emitir o parecer técnico que autoriza a emissão de licença para construção.

Se vocẽ questiona as obra faraônica e autoritária Acquario do Ceará, entre na nossa página e indique aos amigos: Quem dera ser um peixe

Se sentir vontade, comente.